Tag Archives: TUBERCULOSE

Malária, tuberculose e febre amarela podem ser tão perigosas quanto ebola

Infectologista diz que outras doenças matam muito mais que ebola, mas pouco se fala sobre

 

O ebola vem chamando a atenção e deixando os órgãos de saúde internacionais em alerta com situações de epidemia. A taxa de mortalidade e a crescimento geográfico do vírus do ebola vem assustando pessoas no mundo todo. De acordo com balanço anunciado pela diretora da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, até esta sexta-feira (12) foram identificados 4.784 casos. Assim como o ebola, outras doenças – que já possuem altas taxas de mortalidade – também teriam potencial para gerar epidemias perigosas, se forem negligenciadas.

Diagnóstico falho facilita difusão de tuberculose resistente, diz OMS

Cerca de 500 mil pessoas contraíram ‘supertuberculose’ em 2012.  Menos de um quarto delas foi diagnosticada corretamente.

Cerca de 500 mil pessoas contraíram perigosas variações da “supertuberculose” em 2012, mas menos de um quarto delas foi adequadamente diagnosticada, e as demais ficaram sob risco de morrer por causa da falta de tratamentos ou por receberem medicamentos inadequados.

Os novos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que um terço das cerca de 9 milhões de pessoas que contraem alguma forma de tuberculose (TB) por ano não recebe o tratamento necessário. A entidade diz que a doença representa um “risco à segurança sanitária global”.

Segundo a OMS, as deficiências no tratamento fazem com que a resistência aos medicamentos se espalhe pelo mundo em um ritmo alarmante, propiciando o surgimento de cepas incuráveis da bactéria da tuberculose.

“Um diagnóstico mais precoce e mais rápido de todas as formas da TB é vital”, disse Margaret Chan, diretora-geral da OMS, ao divulgar os novos dados, na quinta-feira. “Isso melhora as chances de as pessoas receberem o tratamento correto e serem curadas, e as ajuda a conter a difusão da doença resistente a drogas.”

No ano passado, a OMS propôs que a tuberculose resistente a múltiplas drogas (MDR-TB, pela sigla em inglês) fosse reconhecida como uma crise de saúde pública.

Mesmo o tratamento da TB comum é um processo longo, que exige o consumo de um coquetel de antibióticos durante seis meses, o que muitos pacientes abandonam.

Isso leva ao surgimento da TB resistente às drogas, um problema de causa humana, que se agravou na última década pelo fato de pessoas contaminadas com a TB comum receberem medicamentos errados, doses erradas ou não completarem o tratamento.

A dificuldade de diagnóstico também contribui para essa situação. Em alguns países mais pobres há apenas um laboratório central, frequentemente com capacidade limitada para diagnosticar a MDR-TB. Em outros casos, as amostras para exames precisam ser enviadas a outros países.

Os exames comuns podem levar mais de dois meses para revelar resultados, criando um perigoso intervalo em que o paciente deixa de receber o tratamento adequado e se expõe a contaminar outras pessoas.

A OMS diz que até 2 milhões de pessoas podem ser infectadas pela MDR-TB até 2015.

Exames mais rápidos já foram desenvolvidos nos últimos anos, mas o problema é levar a tecnologia e a capacitação técnica aos países onde eles são mais necessários.

Chan, no entanto, citou sinais encorajadores em um projeto internacional chamado Expand-TB, financiado pela Unitaid, que ajudou a triplicar o número de casos de MDR-TB diagnosticados nos países participantes.

Atualmente, esse projeto está presente em 27 países de baixa e média renda, que respondem conjuntamente por cerca de 40 por cento dos casos globais da MDR-TB.

Fonte: G1 Globo

Cycloserine(Seromycin) é indicado no tratamento de tuberculose pulmonar ativa e tuberculose extrapulmonar (incluindo doença renal), quando os organismos causadores são sensíveis a esta droga e quando o primeiro tratamento medicamentoso provou ser inadequado.

Solicite uma cotação deste medicamento aqui

Cycloserine – Novidade no tratamento de tuberculose

cycloserine

CYCLOSERINE

A cicloserina é utilizada para tratar a tuberculose (TB). A tuberculose é uma infecção bacteriana que afeta principalmente os pulmões, mas que pode afetar qualquer parte do seu corpo. TB é tratável com um curso de medicinas que geralmente dura por seis meses. Você terá que tomar vários medicamentos para tratar a tuberculose e cycloserine é um dos medicamentos utilizados, especialmente quando outros medicamentos antituberculose não são adequados. Cycloserine trabalha agindo sobre as paredes celulares das bactérias responsáveis ​​pela TB. As paredes celulares não se formam corretamente, o que causa a quebra, matando as bactérias.

ANTES DE TOMAR CYCLOSERINE

Antes de começar a tomar cycloserine é importante que o seu médico ou farmacêutico saiba: se você está grávida, tentando engravidar ou amamentando; se você bebe grandes quantidades de álcool; se você tem quaisquer problemas de saúde mental, tais como ansiedade, depressão ou psicose; se você tem problemas hepáticos ou renais; se você tem doença que provoca convulsões, tais como epilepsia; se você tem porfiria (esta é uma doença do sangue hereditária rara); se está usando outros medicamentos, sejam eles adquiridos através de receita médica ou não e ainda plantas medicinais; e/ou se você já teve reação alérgica a algum medicamento.

COMO TOMAR CYCLOSERINE

Tome as cápsulas exatamente como o seu médico lhe indicou. No inicio do tratamento, poderá ingerir uma cápsula pela manhã e outra a noite; se bem aceito pelo organismo, essa dose poderá ser aumentada, dependendo de resultados de exames de sangue. Se cycloserine for prescrito para uma criança, deverá seguir cuidadosamente as orientações do seu médico, pois a dose varia de acordo com a idade da criança. Você pode tomar as cápsulas antes ou após as refeições. Caso se esqueça de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar; se estiver quase na hora de tomar a dose seguinte quando você se lembrar, não tome a dose em falta e tome a dose seguinte quando devida; não tome duas doses juntas para compensar uma dose que se esqueceu.

APROVEITAR O MELHOR DO SEU TRATAMENTO

Sua visita regular ao médico é extremamente importante para verificar o seu progresso, paralelamente com os exames de sangue que mostram se a dosagem que você está utilizando, é correta. Somente pare de tomar o medicamento se o seu médico lhe disser para parar, pois o tratamento dura vários meses.

Não beber álcool enquanto estiver em tratamento com cycloserine, pois este causa sonolência e beber álcool aumentará a chance de ter esse efeito colateral. Ele também irá aumentar o risco de efeitos colaterais mais graves, como convulsões (ataques). Este medicamento pode interromper a vacina contra a febre tifóide oral. Se você está tomando qualquer tipo de vacina, certifique seu médico. Se você está em tratamento dentário, deve dizer ao profissional que o está tratando, que faz uso de cycloserine.

CYCLOSERINE PODE CAUSAR PROBLEMAS?

Junto com seus efeitos úteis, o cycloserine também pode causar efeitos colaterais indesejáveis, como dor de cabeça, tonturas, sonolência, vertigem, tremores, convulsões, sensação de confusão, mudanças de humor ou caráter, erupções cutâneas. Fale com seu médico ou farmacêutico se algum dos efeitos colaterais supracitados continuarem ou tornarem-se problemáticos.

COMO CONSERVAR CYCLOSERINE

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance e da vista das crianças, principalmente, cycloserine. Guarde em lugar fresco e seco, longe do calor direto e luz. Este medicamento é para você. Nunca o dê a outras pessoas, mesmo que sua condição parece ser a mesma que a sua.

Nunca tome mais do que a dose prescrita. Se suspeitar que você ou alguém tenha tomado uma dose excessiva deste medicamento, ir ao serviço de urgência do hospital mais próximo. Leve o recipiente com você, mesmo se ele estiver vazio.

Não mantenha consigo medicamentos fora da validade ou medicamentos indesejados. Leve-os para sua farmácia local que irá eliminá-los para você.

Se você tem alguma dúvida sobre este medicamento, pergunte ao seu farmacêutico.

CYCLOSERINE

A cicloserina é utilizada para tratar a tuberculose (TB). A tuberculose é uma infecção bacteriana que afeta principalmente os pulmões, mas que pode afetar qualquer parte do seu corpo. TB é tratável com um curso de medicinas que geralmente dura por seis meses. Você terá que tomar vários medicamentos para tratar a tuberculose e cycloserine é um dos medicamentos utilizados, especialmente quando outros medicamentos antituberculose não são adequados. Cycloserine trabalha agindo sobre as paredes celulares das bactérias responsáveis ​​pela TB. As paredes celulares não se formam corretamente, o que causa a quebra, matando as bactérias.

ANTES DE TOMAR CYCLOSERINE

Antes de começar a tomar cycloserine é importante que o seu médico ou farmacêutico saiba: se você está grávida, tentando engravidar ou amamentando; se você bebe grandes quantidades de álcool; se você tem quaisquer problemas de saúde mental, tais como ansiedade, depressão ou psicose; se você tem problemas hepáticos ou renais; se você tem doença que provoca convulsões, tais como epilepsia; se você tem porfiria (esta é uma doença do sangue hereditária rara); se está usando outros medicamentos, sejam eles adquiridos através de receita médica ou não e ainda plantas medicinais; e/ou se você já teve reação alérgica a algum medicamento.

COMO TOMAR CYCLOSERINE

Tome as cápsulas exatamente como o seu médico lhe indicou. No inicio do tratamento, poderá ingerir uma cápsula pela manhã e outra a noite; se bem aceito pelo organismo, essa dose poderá ser aumentada, dependendo de resultados de exames de sangue. Se cycloserine for prescrito para uma criança, deverá seguir cuidadosamente as orientações do seu médico, pois a dose varia de acordo com a idade da criança. Você pode tomar as cápsulas antes ou após as refeições. Caso se esqueça de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar; se estiver quase na hora de tomar a dose seguinte quando você se lembrar, não tome a dose em falta e tome a dose seguinte quando devida; não tome duas doses juntas para compensar uma dose que se esqueceu.

APROVEITAR O MELHOR DO SEU TRATAMENTO

Sua visita regular ao médico é extremamente importante para verificar o seu progresso, paralelamente com os exames de sangue que mostram se a dosagem que você está utilizando, é correta. Somente pare de tomar o medicamento se o seu médico lhe disser para parar, pois o tratamento dura vários meses.

Não beber álcool enquanto estiver em tratamento com cycloserine, pois este causa sonolência e beber álcool aumentará a chance de ter esse efeito colateral. Ele também irá aumentar o risco de efeitos colaterais mais graves, como convulsões (ataques). Este medicamento pode interromper a vacina contra a febre tifóide oral. Se você está tomando qualquer tipo de vacina, certifique seu médico. Se você está em tratamento dentário, deve dizer ao profissional que o está tratando, que faz uso de cycloserine.

CYCLOSERINE PODE CAUSAR PROBLEMAS?

Junto com seus efeitos úteis, o cycloserine também pode causar efeitos colaterais indesejáveis, como dor de cabeça, tonturas, sonolência, vertigem, tremores, convulsões, sensação de confusão, mudanças de humor ou caráter, erupções cutâneas. Fale com seu médico ou farmacêutico se algum dos efeitos colaterais supracitados continuarem ou tornarem-se problemáticos.

COMO CONSERVAR CYCLOSERINE

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance e da vista das crianças, principalmente, cycloserine. Guarde em lugar fresco e seco, longe do calor direto e luz. Este medicamento é para você. Nunca o dê a outras pessoas, mesmo que sua condição parece ser a mesma que a sua.

Nunca tome mais do que a dose prescrita. Se suspeitar que você ou alguém tenha tomado uma dose excessiva deste medicamento, ir ao serviço de urgência do hospital mais próximo. Leve o recipiente com você, mesmo se ele estiver vazio.

Não mantenha consigo medicamentos fora da validade ou medicamentos indesejados. Leve-os para sua farmácia local que irá eliminá-los para você.

Se você tem alguma dúvida sobre este medicamento, pergunte ao seu farmacêutico.

CYCLOSERINE

A cicloserina é utilizada para tratar a tuberculose (TB). A tuberculose é uma infecção bacteriana que afeta principalmente os pulmões, mas que pode afetar qualquer parte do seu corpo. TB é tratável com um curso de medicinas que geralmente dura por seis meses. Você terá que tomar vários medicamentos para tratar a tuberculose e cycloserine é um dos medicamentos utilizados, especialmente quando outros medicamentos antituberculose não são adequados. Cycloserine trabalha agindo sobre as paredes celulares das bactérias responsáveis ​​pela TB. As paredes celulares não se formam corretamente, o que causa a quebra, matando as bactérias.

ANTES DE TOMAR CYCLOSERINE

Antes de começar a tomar cycloserine é importante que o seu médico ou farmacêutico saiba: se você está grávida, tentando engravidar ou amamentando; se você bebe grandes quantidades de álcool; se você tem quaisquer problemas de saúde mental, tais como ansiedade, depressão ou psicose; se você tem problemas hepáticos ou renais; se você tem doença que provoca convulsões, tais como epilepsia; se você tem porfiria (esta é uma doença do sangue hereditária rara); se está usando outros medicamentos, sejam eles adquiridos através de receita médica ou não e ainda plantas medicinais; e/ou se você já teve reação alérgica a algum medicamento.

COMO TOMAR CYCLOSERINE

Tome as cápsulas exatamente como o seu médico lhe indicou. No inicio do tratamento, poderá ingerir uma cápsula pela manhã e outra a noite; se bem aceito pelo organismo, essa dose poderá ser aumentada, dependendo de resultados de exames de sangue. Se cycloserine for prescrito para uma criança, deverá seguir cuidadosamente as orientações do seu médico, pois a dose varia de acordo com a idade da criança. Você pode tomar as cápsulas antes ou após as refeições. Caso se esqueça de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar; se estiver quase na hora de tomar a dose seguinte quando você se lembrar, não tome a dose em falta e tome a dose seguinte quando devida; não tome duas doses juntas para compensar uma dose que se esqueceu.

APROVEITAR O MELHOR DO SEU TRATAMENTO

Sua visita regular ao médico é extremamente importante para verificar o seu progresso, paralelamente com os exames de sangue que mostram se a dosagem que você está utilizando, é correta. Somente pare de tomar o medicamento se o seu médico lhe disser para parar, pois o tratamento dura vários meses.

Não beber álcool enquanto estiver em tratamento com cycloserine, pois este causa sonolência e beber álcool aumentará a chance de ter esse efeito colateral. Ele também irá aumentar o risco de efeitos colaterais mais graves, como convulsões (ataques). Este medicamento pode interromper a vacina contra a febre tifóide oral. Se você está tomando qualquer tipo de vacina, certifique seu médico. Se você está em tratamento dentário, deve dizer ao profissional que o está tratando, que faz uso de cycloserine.

CYCLOSERINE PODE CAUSAR PROBLEMAS?

Junto com seus efeitos úteis, o cycloserine também pode causar efeitos colaterais indesejáveis, como dor de cabeça, tonturas, sonolência, vertigem, tremores, convulsões, sensação de confusão, mudanças de humor ou caráter, erupções cutâneas. Fale com seu médico ou farmacêutico se algum dos efeitos colaterais supracitados continuarem ou tornarem-se problemáticos.

COMO CONSERVAR CYCLOSERINE

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance e da vista das crianças, principalmente, cycloserine. Guarde em lugar fresco e seco, longe do calor direto e luz. Este medicamento é para você. Nunca o dê a outras pessoas, mesmo que sua condição parece ser a mesma que a sua.

Nunca tome mais do que a dose prescrita. Se suspeitar que você ou alguém tenha tomado uma dose excessiva deste medicamento, ir ao serviço de urgência do hospital mais próximo. Leve o recipiente com você, mesmo se ele estiver vazio.

Não mantenha consigo medicamentos fora da validade ou medicamentos indesejados. Leve-os para sua farmácia local que irá eliminá-los para você.

Se você tem alguma dúvida sobre este medicamento, pergunte ao seu farmacêutico.

Tuberculose é a segunda maior causa de morte no mundo, informa ONU.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou hoje (24) que a tuberculose é a segunda maior causa de morte em todo o mundo, ficando atrás apenas do HIV/aids.

Ban falava para assinalar o Dia Mundial da Tuberculose, esta segunda-feira. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1,3 milhões de mortes por tuberculose são registadas anualmente e quase 9 milhões de pessoas contraem a doença durante o mesmo período.

Segundo a Rádio ONU, Ban afirmou que a tragédia tem ainda maior dimensão devido ao fato de a tuberculose ser uma doença curável e um terço dos doentes, 3 milhões de pessoas, não receber qualquer tipo de tratamento.

“Alcançar os 3 milhões” é precisamente o tema da campanha deste ano. O secretário-geral da ONU afirmou que ao se tratar os pacientes que não recebem cuidados médicos promove-se um futuro melhor para toda a humanidade.

Acrescentou que a maioria dos doentes é pobre, muitos de classes marginalizadas pelas sociedades, como trabalhadores migrantes, refugiados e deslocados internos. Ainda na lista estão prisioneiros, povos indígenas e minorias étnicas.

Ban citou que os avanços conquistados nos últimos anos provam que a comunidade internacional pode atacar essa ameaça com esforços concentrados. Explicou que entre 1995 e 2012, intervenções globais de saúde conseguiram salvar 22 milhões de vidas e tratar 56 milhões que contraíram a doença.

Para acelerar os resultados, Ban disse que todos os países devem aumentar o acesso aos serviços de saúde e mobilizar comunidades e hospitais para que alcancem rapidamente um número maior de pessoas. Frisou ainda que os países devem investir mais em pesquisas para criar novos equipamentos de diagnóstico, medicamentos e vacinas.

Sublinhou que é uma questão de justiça social que todos os doentes tenham acesso a serviços para um rápido diagnóstico, tratamento e cura da tuberculose. Para Ban, aquela é uma questão também de segurança de saúde global, principalmente em relação ao aumento dos casos de pacientes que sofrem do tipo mais grave da doença, que é resistente aos medicamentos.

www.farmasupply.com.br

FONTE: ONU Brasil