Tag Archives: chá verde

Chá e frutas cítricas podem prevenir câncer de ovário

Os alimentos contêm compostos derivados dos flavonoides, substância antioxidante que também está presente no vinho tinto, no cacau e na maçã, por exemplo

Cha-milagroso-0

Beber chá e comer frutas cítricas, como laranja e limão, são hábitos que ajudam a prevenir o câncer de ovário, tipo mais agressivo de tumor ginecológico. Segundo um novo estudo feito na Inglaterra, consumir duas xícaras de chá preto por dia, por exemplo, reduz em até 31% o risco da doença.

Os resultados preliminares da pesquisa foram divulgados nesta terça-feira, e o trabalho completo será publicado no fim de semana na revista científica American Journal of Clinical Nutrition.

O câncer de ovário não é o tumor ginecológico mais frequente entre as mulheres, mas é aquele com menores chances de cura. Na maioria das vezes em que os sintomas se tornam aparentes, a doença já está em um estágio muito avançado e é praticamente incurável. A incidência da enfermidade pode ter relação com o número de ovulações.

Os pesquisadores concluíram que aquelas que consumiam diariamente alimentos que contêm flavonol, como o chá, e flavanonas, como as frutas cítricas e seus sucos, apresentaram um risco menor de desenvolver câncer de ovário. Esses dois compostos são derivados dos flavonoides, substância antioxidante e anti-inflamatória que já foi associada a uma série de benefícios à saúde, como redução das chances de problemas cardiovasculares.

“As principais fontes desses compostos, como chá e frutas cítricas, são alimentos facilmente incorporáveis na dieta. Então, simples mudanças na alimentação podem ter um impacto positivo na redução do risco de câncer de ovário”, explica Aedin Cassidy, uma das autoras da pesquisa e professora da Universidade de East Anglia, na Inglaterra.

Fonte: Veja

Chá verde contra o câncer

Cha verde

Há muito tempo se conhecem os benefícios do chá verde, incluindo a proteção contra o câncer e até a destruição direta de tumores na pele.

Por isso, os cientistas têm-se esforçado para tentar desvendar os mecanismos fisiológicos pelos quais o chá verde e seus extratos atuam na redução do risco de câncer ou retardando o crescimento das células cancerosas.

Wai-Nang Lee, do Instituto de Pesquisas Biomédicas de Los Angeles (EUA), afirma agora ter encontrado uma explicação que, segundo ele, pode abrir uma nova área de pesquisas contra o câncer.

“Esta é uma maneira inteiramente nova de olhar para o metabolismo,” disse o Dr. Lee. “Não é mais um caso de glicose que entra e energia que sai. Agora nós entendemos como o metabolismo das células de câncer pode ser interrompido, e podemos estudar como usar esse conhecimento para tentar alterar o curso do câncer ou prevenir o câncer.”

Controle metabólico

A equipe descobriu como o EGCG (epigalocatequina galato), o componente biológico ativo do chá verde, altera o metabolismo das células cancerosas.

O mecanismo opera através da supressão da expressão de uma enzima que já se sabia estar associada com o câncer, chamada LDHA.

Ainda mais importante, os experimentos revelaram um inibidor da enzima, o oxamato, que é conhecido por reduzir a atividade da LDHA, operando da mesma maneira: ele também destrói o sistema metabólico das células de câncer – o estudo em tumores do câncer do pâncreas.

“Ao explicar como o componente ativo do chá verde pode prevenir o câncer, este estudo irá abrir as portas para toda uma nova área de investigação do câncer e nos ajudar a compreender como outros alimentos podem prevenir ou retardar o crescimento de células cancerosas,” completou Lee.

Fonte: Diário da Saúde.