Potássio protege mulheres contra AVC, diz pesquisa

Estudo feito com participantes acima dos 50 anos descobriu que consumir maiores quantidades do nutriente diminui risco de derrame

Banana é uma das melhores fontes de potássio: nutriente faz bem ao coração da mulher, segundo estudo (Thinkstock)

Banana é uma das melhores fontes de potássio: nutriente faz bem ao coração da mulher, segundo estudo (Thinkstock)

Consumir alimentos ricos em potássio, como a banana, o feijão e o espinafre, pode ajudar mulheres a evitar um acidente vascular cerebral (AVC), segundo uma nova pesquisa.

O estudo, feito no Albert Einstein College of Medicine, nos Estados Unidos, acompanhou mais de 90 000 mulheres de 50 a 79 anos durante onze anos. Os pesquisadores cruzaram os dados sobre a prevalência de derrame cerebral entre as participantes e a quantidade de potássio que havia na alimentação delas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de pelo menos 3 500 miligramas de potássio por dia. As participantes do estudo, porém, ingeriam, em média, 2 600 miligramas do nutriente diariamente. Em 100 gramas de banana prata ou de extrato de tomate, é possível obter 358 miligramas e 680 miligramas de potássio, respectivamente.

Segundo os resultados da pesquisa, as mulheres que consumiam mais potássio (3 193 miligramas por dia ou mais) foram 12% menos propensas a sofrer um AVC do que as que comiam as menores quantidades do nutriente (menos de 1 925 miligramas ao dia). Além disso, elas tiveram um risco 10% menor de morrer ao longo do estudo por qualquer causa.

A pesquisa, publicada no periódico Stroke​, ainda indicou que os benefícios do potássio são maiores em mulheres que não têm pressão arterial elevada. Entre elas, um maior consumo de potássio evitou até 21% dos casos de AVC. “Nossos resultados dão mais um motivo para que as mulheres comam frutas e vegetais, já que esses alimentos são boas fontes de potássio”, diz Sylvia Wassertheil-Smoller, coordenadora do estudo.

Segundo a Associação Americana do Coração, idosos e pessoas com problemas nos rins precisam tomar cuidado com o excesso de potássio. Por isso, quem deseja tomar suplementos do nutriente deve consultar um médico para saber a quantidade correta a ser ingerida.

Fonte: Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *