Estudo aponta risco de câncer em uso excessivo de telefone celular

Estudo aponta risco de câncer em uso excessivo de telefone celular

Pesquisadores afirmam que ondas eletromagnéticas dos aparelhos alteram as células do cérebro

Rio – Falar muito no telefone celular pode causar câncer cerebral, segundo pesquisa da Universidade de Bordeaux, na França. Os cientistas definiram como usuários ‘excessivos’ do aparelho aqueles que o utilizam por mais de 15 horas por semana, o que equivale a 30 minutos ao dia. Estas pessoas correm mais risco de desenvolver tumores, se comparadas aos usuários eventuais.

São no cérebro os tumores que poderiam ser causados por celulares

Foto:  Divulgação

 

As ondas eletromagnéticas emitidas pelos telefones são apontadas como as responsáveis pelo problema. “A teoria defende que essas ondas produzidas pelos smartphones podem mudar as estruturas das células, causando o câncer,” explica o oncologista da Clínica São Carlos, José Luiz Affonso Fuser Júnior. Os pesquisadores franceses afirmam ainda que há dois tipos de tumores que podem ser associados ao uso excessivo da ferramenta: o glioma e o meningioma.

De acordo com Fuser, o primeiro é mais agressivo, pode levar à morte e é mais comum. Já o segundo apresenta mais chances de cura. Ele lembra, ainda, que esse tipo de onda, a radiofrequência, também é emitida por outros equipamentos, como computadores conectados à internet e o forno de microondas. O médico aconselha o uso moderado, já que os riscos não são conhecidos.

De acordo com o neurologista e coordenador do HCor Neuro, Antônio DeSalles, as pesquisas feitas até agora ainda não comprovam totalmente que os celulares fazem mal ao cérebro, mas levantam hipóteses. “Eles dizem que os índices de câncer cerebral aumentaram nos últimos anos, mas por outro lado os diagnósticos também cresceram,” diz o neurologista.

O estudo, publicado na revista especializada ‘Occupational & Environmental Medicine’, analisou 253 casos de glioma e 194 de meningioma, entre 2004 e 2006. Esses pacientes foram comparados com 892 pessoas saudáveis.

Os principais sintomas do câncer cerebral são perdas de funções motoras e sensibilidade, dores de cabeça e convulsões. O tratamento, na maioria dos casos, é cirúrgico. Mas sessões de quimio e radioterapia também são aplicadas.

www.farmasupply.com.br

http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2014-05-15/estudo-aponta-risco-de-cancer-em-uso-excessivo-de-telefone-celular.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *