Epipen salva a vida de criança durante voo

Uma injeção de adrenalina salvou a vida de uma jovem que caiu doente com alergia a nozes a bordo de um voo transatlântico.

EpiPen

O voo da United Airlines deixou o aeroporto de Dublin com destino a Newark, em Nova York em torno de 09:20 da manhã. O voo tinha 169 passageiros e oito tripulantes a bordo.
Cerca de 90 minutos depois da decolagem, quando o boeing 757-200 estava a mais de 1.200 quilômetros a oeste da Irlanda, a tripulação contactou controladores através do Irish Aviation Authority e uma porta-voz da companhia aérea confirmou epinefrina, um medicamento também conhecido como adrenalina, a bordo de todos os voos United Airlines.
Acredita-se que a droga, que pode ser usada no tratamento de pessoas que desenvolvem uma reação alérgica grave a alimentos como nozes e muitas vezes é injetado através de um dispositivo conhecido como Epipen, pode ter sido usado para reanimar a menina.
Testemunhas disseram que a menina estava viajando com cerca de seis membros da família na classe executiva quando adoeceu e entrou em suspeita de choque anafilático.
“Houve um anúncio de que havia uma emergência. Eles perguntaram se havia médicos ou enfermeiros no voo e duas pessoas se aproximaram para ajudar”, afirmou Mike van Niekerk ao Irish Independent.
“Seu rosto parecia bastante inchado e ela estava, obviamente, em perigo.”
O avião retornou a Dublin mais de três horas depois de decolar. A menina já se encontrava estável quando foi levada para o hospital.
Em dezembro do ano passado, uma menina de 14 anos morreu ao sofrer uma reação alergica depois de comer um molho em um restaurante. Emma Sloan morreu depois de uma farmácia se recusar a administrar um Epipen sem prescrição.

EpiPen é indicado no tratamento emergencial de reações alérgicas (tipo I), incluindo anafilaxia a picadas de insetos e insetos cortantes, imunoterapia, alimentos, medicamentos , substâncias de teste de diagnóstico e outros alérgenos, anafilaxia, bem como anafilaxia idiopática ou induzida por exercício. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *